9 de janeiro de 2018

Conhecimento para todos?


O conhecimento é acessível para todos, independente de quaisquer outros fatores, mas isso não significa que todas as pessoas estão prontas para absorver este conhecimento e evoluir com isso. Segue o mesmo raciocínio de sair do sistema: nem todo mundo está pronto para sair, e mesmo alguns que o conseguem, acabam por voltar. No final das contas, são pouquíssimas pessoas que realmente têm maturidade para tais coisas, o que acaba por ferir muitos egos imaturos.

É possível perceber isso quando conceitos elevados na cabeça de pessoas imaturas têm uma péssima aplicação, ou quando são questionadas, não sabem explicar os conceitos de forma efetiva. Não adianta aprender e conhecer qualquer coisa: a internet é um livro aberto para tudo - e a sensação que se tem é que as pessoas estão cada vez mais burras e mesmo que as informações estão cada vez mais rasas.

Isso abre espaço para reflexão sobre a manipulação de conhecimento que existe, e sempre existiu. Conhecimento abre portas, mas é a consciência que permite atravessá-las. Quem me garante que os clássicos são realmente clássicos? E as queimas de arquivo? O Passado nada mais é do que uma construção feita pelas pessoas, com o intuito de preservar certas ideias e esquecer outras: uma espécie de memória coletiva da humanidade. E o Futuro uma ilusão criada pelas próprias expectativas, esperanças, e mesmo sonhos.

Li em algum lugar há alguns anos essa frase: "dê leite às crianças e carne aos adultos". Não adianta querer ensinar conceitos profundos e complexos sobre o mundo se a pessoa nem aprendeu o básico. Por isso fica tanta coisa "escondida" do olhar da maioria: aí a "criança" se ofende e vai querer ir atrás, não entende nada e ainda fica brava - chega a ser engraçado. Não se apresse em adquirir conhecimento ou mudar sua visão de mundo: busque aprender uma lição de cada vez. Claro que não ocorre em uma sequência lógica, mas não force a barra.

Outra coisa: é normal mudar de opinião ao longo do tempo (até não se ter opinião nenhuma?). Engana-se quem pensa que devemos nos prender a nossa visão de mundo. Conheço pessoas de avançada idade e pouca experiência - ainda se seguram à visão utópica de juventude com todas as forças que ainda lhe restam, resistindo às mudanças, deixando um rastro de vazio no mundo. Interessante que este tipo de pessoa é a que mais tenta impor suas ideias utilizando-se como desculpa a idade. Mas o que é idade quando o tempo é ilusório?

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.